Arquivos
  • 08/2005
  • 09/2005
  • 10/2005
  • 11/2005
  • 12/2005
  • 01/2006
  • 02/2006
  • 03/2006
  • 04/2006
  • 05/2006
  • 06/2006
  • 07/2006
  • 08/2006
  • 09/2006
  • 11/2006
  •  
    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
     
    eXTReMe Tracker

    17.10.05


     
    A PARADA É FEDERAL. E lhe é imposto, não adianta fugir, vão beber na sua fonte...

    O dia inteiro em um curso sobre tributos e suas obrigações acessórias.
    Sono monstruoso.
    Não sei o que se passa, já não me concentro como antes.
    Saber que o governo te obriga a fazer o trabalho dele me sufoca. A "máquina administrativa" me enoja e eu já não danço tão bem conforme a música.
    A quantidade de decretos e instruções normativas me dá vontade de sair gritando.
    Ou de distribuir nariz de palhaço nas ruas a todos cidadãos que pagam impostos.
    Aliás, você sabia que "imposto" é um dos tipos de tributo? O que isso muda a sua vida, né?
    Fico achando que nossa última chance seria encarnamos Lampiões e Marias Bonitas e ir à Brasília resolver tudo na peixeira.
    Rezemos para não termos problemas com a Receita Federal... Declare o seu imposto de renda corretamente, não o deixe cair na malha fina, preencha o DARF (não sabe o que é? Pô é o documento de arrecadação da receita federal, eu acho...), recadastre seu CPF, senão você corre o risco de passar a madrugada na fila para "pegar o número" para conseguir atendimento.
    Sabia que neguinho cobra R$ 100 pilas por um lugar na fila?
    Hahaha, é mais do que o honorário profissional para preparar uma declaração de imposto de renda.
    Sabe o que significa CPMF (que eu pago, tu pagas, ele paga...)?
    É contribuição PROVISÓRIA sobre movimentação financeira.
    O curioso é perceber que o conceito de provisório é tããão flexível...
    É um provisório-permanente, sacou? Não? Pô, você acha mesmo que esse "P" (não pense palavrão...) é a toa?
    Quisera eu poder aplicar o conceito de "provisório-permanente" na minha vida. Vixe!

    Definitivamente, eu não me comporto como uma cientista dos números. Quem me conhece sabe que eu não sei fazer conta.
    E pensar que eu me especializei nisso... Juro! E para mostrar que é bom, é só decorar umas cinqüenta alíquotas que... CLAP CLAP CLAP!
    Não é possível, botaram algum cogumelo no meu chá... Sinceramente!!!

    Ah, e ainda tem o conceito de imposto "por dentro" e "por fora". Freud tinha razão, tudo tem um fundo sexual. Neguinho devia estar pensando em sacanagem quando criou isso, não é possível novamente...

    E o grande aprendizado da palestra que realmente assimilei foram algumas palavras do palestrante:

    "Cachorro mordido por cobra tem medo até de lingüiça"
    hahahaha!

    É, o governo, a secretaria da receita federal devem ter realmente decepcionado o tiozinho...
    E viva as metáforas!
    ***

    FIM DE DOMINGO...

    Domingo à noite é chato.
    Domingo à noite insuportavelmente quente e você está em casa salivando por um chopinho amigo que não rola, é mais chato ainda. Insuportável.
    Assistir a Juliana Paes e sua famosa lordose na tv é demais, é o fim.
    Cadê a faquinha de plástico do rocambole "pullman" (ou seria Plus Vita?) de doce de leite para cortar os pulsos? Vixe!
    Tá, passou, passou...


    5:52 da tarde