Arquivos
  • 08/2005
  • 09/2005
  • 10/2005
  • 11/2005
  • 12/2005
  • 01/2006
  • 02/2006
  • 03/2006
  • 04/2006
  • 05/2006
  • 06/2006
  • 07/2006
  • 08/2006
  • 09/2006
  • 11/2006
  •  
    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
     
    eXTReMe Tracker

    18.11.05


     

    A CERTEZA DE QUE A TPM CHEGOU:

    *Vontade de triturar cada pessoa no metrô que carrega grandes mochilas nas costas
    *Sensação de que uns cinco quilos a mais te acompanham.
    *Promessa de que não vai mas beber umas cervejinhas. Qual a graça que isso tem?
    *Sensação de que sexo dá trabalho, cansa e é chato.
    *Vontade de comer bolo de laranja e de cenoura com chocolate.
    *Desejo de estrangular quem usou (sem autorização) meu colar preferido e esqueceu na casa do namorado, justamente no dia em que eu iria usa-lo.
    *Vontade de caminhar por uma rua onde eu não encontraria ninguém, nem uma só pessoa.
    *Desejo de estiletear o colega de trabalho que fala berrando ao telefone, atrapalhando todo o meu já confuso raciocínio. Quando a figura fala com a namorada, fala baixinho e apela para a "fofização". O jeito é por o fone de ouvido, ouvir "Rammstein" e na hora do "bang bang" da música, me sentir justiçada...
    *Certeza de que com o item acima, estou me transformando numa fuxiqueira e doida por uma picuinha.
    *Dei um "pedala" no amigo acima. Passa fora, eu??? Sim, para ver como está a coisa...
    *Além de jacu, me sinto jagunça...
    *Praguejar a mim mesma por não ter força de vontade para tentar uma dieta mais vegetariana, respirar melhor e conseguir executar as posturas da aula de yoga.
    *Irritação, irritação, irritação. Sensação de que está tudo fora do lugar.
    *Ficar incomodada porque me elogiaram (que abuso!) e ao mesmo tempo ter certeza de que ficaria puta se não recebesse o elogio.


    Ai, ai. Ainda bem que passa... Passa?


    Wish List:

    *Tomar um banho de cachoeira.
    *Deitar sob uma grama, ler um livro e quem sabe, até tirar um cochilo.
    *Massagem nas costas.
    *Alguém para lavar o meu cabelo, com direito a massagem na cabeça.
    *Algumas horas de sossego num lugar cheio de almofadas coloridas, incensos acesos, paz e uns livros atrasados para por a leitura em dia.
    *Viajar para visitar virtuosas que sinto saudades.
    *Beijo na boca roubado. E dos bons.

    Chega, que estou me irritando só por desejar essas coisas.
    Aonde se esconde de si mesmo?
    Alguém para me por no modo Turn On???

    ****

    E comportamento auto destrutivo também é... ter um surto-escritorinho-descontrol e mesmo fodida e mal paga, gastar 290 pilas num terninho gelo (que, quiçá, será usado) e mais duas calças. Sabe como é né? "Parcela em quatro vezes"... ahn?
    Acho que a ficha caiu ao constatar que eu vim mesmo trabalhar com a melissa rosa pálido... Ahhhnnn?

    Os meninos do escritório estão todos engordando. Absurdamente. É a pressão.
    Ainda se acham no direito de qualificar mulheres com aqueles quesitos "morre fácil/não morre" (tá, nós mulheres também fazemos isso...).
    Comem, comem e comem (comida mesmo, especialmente junkie food), chega a dar gosto de ver.

    As (poucas) mulheres o que fazem? Gastam, gastam, gastam. E praguejam os homens por comerem tanto e ainda se sentirem seguros em suas panças.

    O colega de trabalho ainda diz: Quer saber como transformar uma fada em bruxa?
    CASA COM ELA... Huahuahua. Peguei para mim. Tenho uma fada, mas, definitivamente me enquadro na categoria de bruxa.


    Triste constatação: Uma das agressões visuais que mais me atordoam é ver paredes descascando, rachaduras...
    Quase todas as paredes em minha volta descascam... Desmontam... Se desfazem.

    Juro que nesse momento mentiras sinceras me interessam. Estou na espera de "make my day" de alguma forma...



    7:42 da manhã