Arquivos
  • 08/2005
  • 09/2005
  • 10/2005
  • 11/2005
  • 12/2005
  • 01/2006
  • 02/2006
  • 03/2006
  • 04/2006
  • 05/2006
  • 06/2006
  • 07/2006
  • 08/2006
  • 09/2006
  • 11/2006
  •  
    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
     
    eXTReMe Tracker

    15.12.05


     
    SOBRE O POST ANTERIOR:

    *Onde se lê "muito bom para os outros" substitua por "não saber dizer NÃO".


    CÃO DE ALUGUEL

    - Oi, Clau, tudo bem?
    - Oi, tudo.
    - Estou te achando tão caladinha, venho sentindo falta das suas risadas e gracinhas.
    - Pois é, eu sempre afirmei que os palhaços são as criaturas mais tristes que existem. Basta olhar no fundo dos olhos deles. Eles apenas fingem muito bem para proporcionar alegria nas pessoas...

    CONCLUSÃO: Finja, que o mundo agradece!

    Se eu fizesse um "desperate list":

    1. Mamy munida de uma ultra do rim e com consulta com a nefrologista marcada para hoje. Um veredicto a ser dado.
    2. Membro da família muito próximo a mim com problemas com a bebida. Agressiva, reativa e dizendo ter tudo sob controle.
    3. Treinamento de guerra para tomar o chicote da mão do feitor. Dessa vez, vou guardar o chicote para usar lá na frente.
    4. Além da habitual prostituição no trabalho, o papel de piada não estava nos meus planos.
    Necessidade anormal por um pouco de privacidade, que não virá tão cedo.

    É, eu sou dramática, leonina.
    Problemas todo mundo tem.
    Eu devia agradecer pelas coisas boas?

    Mais do que nunca o lema será: Fingir é (tentar) sobreviver.

    Isso me lembra uma frase do angustiante filme "Oldboy" que me marcou demais, era mais ou menos assim:

    Sorria e o mundo sorrirá com você.
    Chore e chorará sozinho.

    ENQUANTO ISSO NO METRÔ DO RIO DE JANEIRO...

    Não bastasse o serviço pior que o do trem, estou lá, conseguindo, finalmente, ler o meu livro, quando escuto:

    "Next stop, Praça Onze Station"

    O QUE???

    Não agüentei, dei uma gargalhada que algumas pessoas devem ter pensado que ou eu estava incorporando alguma entidade do além ou tendo algum surto psicótico.
    Não importa, eu não consegui parar de rir e algumas pessoas começaram a rir junto.



    5:56 da manhã