Arquivos
  • 08/2005
  • 09/2005
  • 10/2005
  • 11/2005
  • 12/2005
  • 01/2006
  • 02/2006
  • 03/2006
  • 04/2006
  • 05/2006
  • 06/2006
  • 07/2006
  • 08/2006
  • 09/2006
  • 11/2006
  •  
    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
     
    eXTReMe Tracker

    12.1.06


     
    "Tinha vantagens não saber do inconsciente, vinha tudo de fora, maus pensamentos, tentações, desejos.
    Contudo, ficar sabendo foi melhor, estou mais densa, tenho âncora, paro em pé por mais tempo. De vez em quando ainda fico oca, o corpo hostil e Deus bravo.
    Passa logo. Como um pato sabe nadar sem saber, sei sabendo que, se preciso for, na hora H nado com desenvoltura. Guardo sabedorias do almoxarifado."

    "Quero minha mãe" - Adélia Prado
    Tomar um café na livraria mega store depois do almoço tem e não tem seu preço! ;)


    6:20 da tarde


    9.1.06


     
    QUERO SER MODERNA...

    Quando você pensa que é moderninha, acaba tendo a certeza de que precisa de um pouco mais e é só aprender com as crianças.
    Meu ex foi deixar nossa filha em casa, acompanhado do filho mais velho e das duas filhinhas da namorada (suas enteadas).
    Crianças em harmonia, minha filha feliz e as meninas umas fofas.
    Falo para a Esmeralda: Que barato! Você trouxe as suas amigas!
    Esmeralda: Mãe, não são minhas amigas, são minhas irmãs!!!
    Ah, tá.


    7:58 da manhã


    2.1.06


     
    ANO NOVO, VIDA NOVA...

    Bonitinho esse uso e costume, não?
    Como se alguma mágica fosse se processar.
    Eu, pelo menos, esperava isso.
    Não percebi nada não, vou é aguardar o ano novo chinês mesmo.

    Mas não é nada mal atravessar a rua na primeira manhã do novo ano e cruzar com João Ubaldo Ribeiro, um de meus escritores favoritos.
    Dá a sensação de que os dias podem ser diferentes...


    SABEDORIA INFANTIL

    1) Cena um - A pequenina está pirracenta, irritada e com TPS (tensão pré sono), mesmo assim vira para mim e fala:
    - Mãe, vem deitar aqui comigo.
    - Eu não... você está me maltratando.
    - Não vou mais fazer isso não?
    - Você vai me maltratar ou me tratar com carinho.
    - Eu vou te maltratar com carinho, mamãe!

    2) Cena dois ? Esmeralda, você quer um irmãozinho?
    - Não, já tenho dois do meu pai.
    - Mas e da mamãe?
    - Não, não... minha mãe é minha bebê...


    3) Cena três ? Alguém fala:
    - Sua mãe está sorumbática, Esmeralda. Está, não... É.
    - Pequenina: É, minha mãe é sorumBATMAN.


    4:19 da manhã